VISTO CANADENSE

20 . abril . 2017

VISTO ESTA

Post anterior: http://blushviajante.com.br/2015/10/16/canada-vai-facilitar-entrada-de-brasileiros-a-partir-de-2016/

ISENÇÃO DO VISTO CANADENSE PARA BRASILEIROS A PARTIR DE 01 DE MAIO DE 2017

07 . novembro . 2016

Hey pessoal tudo bem?!

No ano passado, nesta matéria aqui, eu comentei sobre a possibilidade uma isenção de visto Canadense para os brasileiros, pois bem, agora é para valer, porém, com ressalvas, o candidato ao visto eletrônico deverá:

possuir visto americano válido de não-imigrante;

ou

ter possuído um visto canadense residente temporário emitido nos últimos 10 anos.

 

Se você não se enquadra em um dos 2 requisitos acima, terá que solicitar seu visto canadense da forma tradicional.

A diferença de preço é gritante, um  processo de visto canadense tradicional custa em média R$600,00, enquanto o eletrônico R$18,00. (Uauuu) Além do visto tradicional demorar em média 45 dias, impossibilitanto inclusive o candidato ao visto de viajar para o exterior, uma vez que, o passaporte fica em poder do centro de solicitação de visto durante o processo. 🙁

Segue abaixo o texto do site do Governo Canadense:

“Isto significa que cidadãos do Brasil que tenham sido titulares de um visto de residente temporário do Canadá nos últimos 10 anos ou que possuam um visto válido de não-imigrante dos Estados Unidos, já não precisariam de um visto para viajar ao Canadá ou, quando estivessem em trânsito, ao viajar de avião. Em vez disso, eles teriam a opção de solicitar uma Autorização Eletrônica de Viagem (Electronic Travel Authorization – eTA). Aqueles que não se enquadrem nestes critérios ainda precisariam solicitar um visto de visitante para viajar ao Canadá. 

“O Canadá é um dos destinos preferidos de visitantes e empresários brasileiros, e expandir a elegibilidade da eTA tornaria mais fácil e rápido para muitos brasileiros virem ao Canadá,” afirmou Rick Savone, o Embaixador do Canadá no Brasil. “A facilidade para viajar entre nossos dois países se traduzirá em mais oportunidades para fortalecer nossos laços interpessoais, turísticos e de negócios.”

Fatos importantes 

  • Solicitar uma eTA é um processo online simples e barato (C$ 7,00 – sete dólares canadenses) que leva somente alguns minutos para ser concluído. A eTA está eletronicamente conectada ao passaporte do viajante e é válida por cinco anos ou até que o passaporte expire, o que ocorrer primeiro.
  • Os viajantes brasileiros que não sejam elegíveis ao eTA ainda precisariam solicitar um visto de visitante ou usar os serviços de um dos Centros de Solicitação de Vistos em São Paulo, Rio de Janeiro ou Brasília.”

Fontes:

Itamaraty: http://www.itamaraty.gov.br/pt-BR/notas-a-imprensa/15098-inclusao-do-brasil-no-programa-canadense-electronic-travel-authorization

Embaixada Canadense: http://www.canadainternational.gc.ca/brazil-bresil/highlights-faits/2016/2016-11-01-ETA-AVE.aspx?lang=por

Partiu programar o roteiro para o Canadá?!

Uma bitoca!

Autorização de viagem para União Européia

26 . outubro . 2016

Hey pessoal!

Tudo bem?

A União Européia confirmou a  mudança no sistema no controle de turistas que pretendem visitá-los.

O presidente da Comissão Européia (CE), Jean-Claude Juncker, confirmou que o bloco começará a registrar turistas que entrarem em suas fronteiras, incluindo os brasileiros.

O sistema será proposto pela CE  até o próximo mês de novembro e terá como objetivo combater o terrorismo em seus países-membros e a pior crise migratória desde o fim da 2ª Guerra Mundial.

“Quando uma pessoa entrar na União Européia, ela será registrada, assim como o lugar, a data e o motivo da viagem. Esse novo sistema automatizado nos dirá quem está autorizado a transitar pela União Européia antes que chegue à região”, disse Juncker, durante uma sessão plenária do Parlamento Europeu em Estrasburgo, na França.

O chamado Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem (Etias, na sigla em inglês) valerá para todos os cidadãos extra comunitários que não precisam de visto para entrar no Espaço Schengen – área de livre circulação de pessoas dentro do bloco -, incluindo brasileiros.

O modelo é similar ao adotado nos Estados Unidos (ESTA) e coletará dados dos viajantes antes do embarque, permitindo que Bruxelas determine se sua presença colocará a segurança do bloco em risco e, eventualmente, impeça sua entrada.

Essas informações serão passadas pelos próprios turistas, por meio do preenchimento de um questionário online. Especula-se que a União Européia passará a cobrar 50 euros (cerca de R$ 186,00) para cada extra comunitário que intente ultrapassar suas fronteiras.

 

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2016-09/ue-confirma-mudanca-em-sistema-de-controle-de-turistas

Assim que eu receber o link, atualizarei este post.

 

Uma bitoca!

Newsletter

Fique por dentro das novidades do blog! Assine abaixo e receba as atualizações direto no seu e-mail!

Blush Viajante - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017